Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

Marcelo Rebelo de Sousa recusa comentar polémica sobre diretiva da PGR

Presidente da República não comenta porque sindicato já anunciou que vai recorrer a tribunal.
Lusa 7 de Fevereiro de 2020 às 16:32
Marcelo Rebelo de Sousa
Marcelo Rebelo de Sousa FOTO: Pedro Sarmento Costa / Lusa
O Presidente da República recusou esta sexta-feira pronunciar-se sobre a diretiva que suscitou controvérsia entre a Procuradoria-Geral da República e os magistrados do Ministério Público, sublinhando que o sindicato já anunciou que vai recorrer ao tribunal.

"O Presidente da República [PR] não deve dizer: a minha interpretação é uma das duas que estão em debate [entre a PGR e o MP]. Questão completamente diferente é esta questão ter nascido a propósito do caso concreto em que o diretor do Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP) entendeu que a iniciativa de Procuradores para ouvir o PR não fazia sentido", começou por referir Marcelo Rebelo do Sousa em declarações aos jornalistas no Porto, após inaugurar o novo edifício da Escola Superior de Biotecnologia do Centro Regional da Universidade Católica Portuguesa.

Marcelo Rebelo de Sousa explicou não poder "imiscuir-se" no caso, muito menos mostrando qual a interpretação que faz da diretiva que está origem da controvérsia.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)