Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

MARINHA CHAMA JOVENS

Potenciar os recursos humanos, atraindo cada vez mais jovens para a Marinha Portuguesa é uma das preocupações dominantes do mandato do actual Chefe de Estado Maior da Armada.
21 de Maio de 2003 às 00:00
O almirante Vidal Abreu, frisou a importância desta questão ”nomeadamente numa altura em que durante anos sucessivos os candidatos à Escola Naval não têm sido suficientes para preencher o número de vagas, o que constitui um claro comprometimento do futuro”.
Segundo as palavras do Chefe de Estado Maior, proferidas em Ílhavo, no âmbito das comemorações do Dia da Marinha, mais importante do que ganhar “a batalha do material, é ganhar a do pessoal”, daí que seja necessário “encontrar a solução para apoiar mais os que gostam de servir Portugal na Marinha”.
“Garantir a adequada satisfação das necessidades do pessoal militar, militarizado e civil, mas igualmente exigir eficiência e eficácia de profissionais sérios e qualificados é um objectivo essencial”, defende o mesmo responsável.
O Ministro de Estado e da Defesa Nacional, que presidiu às cerimónias, partilha da mesma opinião do Chefe de Estado Maior da Armada, ao afirmar que “os recursos humanos são a aposta mais importante no futuro da Marinha, daí que se deva qualificar e remunerar esses mesmos recursos, conforme a sua qualidade”.
Para Paulo Portas, a actuação da Marinha Portuguesa no caso “Prestige” é um exemplo da aposta da tutela nesse ramo, uma vez que considerou “a competência utilizada no combate à maré negra, um exemplo do investimento em inteligência e em sabedoria”.
Ao fim de um ano à frente da tutela, Paulo Portas aproveitou a ocasião para relembrar o estado em que se encontrava a Marinha quando chegou ao poder. “Há um ano vivia-se um ambiente crispado, em que as fragatas estavam encostadas por falta de verbas para o combustível. Hoje, e apesar das dificuldades que o País atravessa, contando bem os tostões, a verdade é que se está a fazer um investimento na melhoria do equipamento da Marinha, pois não podemos perder capacidade militar”, afirmou o ministro.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)