Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Marinha salva 48 migrantes em risco

Barco de madeira estava sobrelotado e a queimar combustível.
Magali Pinto 29 de Outubro de 2017 às 08:46
Marinha salva 48 migrantes em risco
Marinha salva 48 migrantes em risco
Marinha salva 48 migrantes em risco
Marinha salva 48 migrantes em risco
Marinha salva 48 migrantes em risco
Marinha salva 48 migrantes em risco
Marinha salva 48 migrantes em risco
Marinha salva 48 migrantes em risco
Marinha salva 48 migrantes em risco
A Marinha resgatou 48 tunisinos, onde se inclui uma mulher e uma criança, que queriam chegar a Itália mas estavam completamente desorientados numa embarcação de madeira. Estava superlotada e a queimar combustível, ao largo da Sicília.

A viagem, que foi interrompida, custou aos migrantes entre 1500 e 3000 euros. Tinham embarcado em Sfax, na Tunísia. O alerta para a embarcação em apuros foi dado na sexta-feira pouco depois da uma da tarde (menos uma hora em Portugal).

O comandante do navio ‘Viana do Castelo’ da Marinha descreveu à Lusa o perigo por que passaram os migrantes. "Estas pessoas não tinham combustível para chegar a Lampedusa, estavam desorientadas, iam passar muito longe e a informação que tenho é que já estaria a queimar combustível, o que poderia provocar um incêndio a bordo", disse o comandante Madaleno Galocha.

O navio da Marinha Portuguesa está em missão ao serviço da Frontex desde o passado dia 10 e vai ficar nesta zona do Mediterrâneo até meio do próximo mês.

Desde o início do ano já foram salvos 106 mil refugiados e foram detidos 241 traficantes de pessoas.
Ver comentários