Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

Mário Lino dá comida em caixa solidária

O ministro das Obras Públicas, Mário Lino, aproveitou o lançamento de um projecto de ajuda alimentar entre os CTT e a Confederação do Comércio e Serviços de Portugal para enviar alguns bens alimentares à Casa do Gaiato de Lisboa. A ‘embalagem solidária’, no valor de 16,44 euros, incluía massas, arroz, açúcar e latas de atum, comprados numa mercearia junto à Estação de Correios do Lumiar, onde decorreu a apresentação do projecto. O acto de solidariedade de um dos ministros mais desgastados deste Governo foi devidamente registado pela Comunicação Social.
27 de Junho de 2009 às 00:30
A ‘embalagem solidária’ com bens alimentares vai seguir para a Casa do Gaiato de Lisboa
A ‘embalagem solidária’ com bens alimentares vai seguir para a Casa do Gaiato de Lisboa FOTO: Diogo Pinto

Durante a apresentação do projecto, que decorreu na estação dos correios do Lumiar, Mário Lino realçou a "sensibilidade dos CTT nas ligações afectivas com a população", defendendo que os correios são "uma empresa moderna, com projectos de sustentabilidade financeira e social".

Os CTT e a Confederação do Comércio e Serviços de Portugal juntaram-se a 700 minimercados e mercearias de bairro para recolher e distribuir alimentos por 13 instituições de solidariedade de todo o País.

Os clientes destes estabelecimentos poderão comprar alimentos sólidos, colocá-los dentro das caixas que estarão disponíveis nas lojas, e seleccionar a instituição a que os donativos se destinam. Os CTT disponibilizam a sua rede logística para transportar e entregar os artigos, gratuitamente. O projecto arranca com 700 estabelecimentos, mas espera-se que o número chegue aos dois mil durante as próximas semanas. As caixas podem também ser entregues em qualquer estação dos CTT.

O projecto começou no final de 2008, mas não contemplava a distribuição de alimentos.

Entre as 13 instituições beneficiárias está a Liga Nacional Contra a Fome, a Abraço, a ACAPO, a Ajuda de Berço e a Sol.

APONTAMENTOS

SEM APOIO

Gaspar Pessoa, fundador e presidente da Liga Nacional Contra a Fome, denunciou a falta de apoio estatal durante toda a existência da instituição e diz que a crise agravou a situação com o surgimento de "novos pobres".

CRISE ANTIGA

O presidente do Conselho Administrativo dos CTT, Estanislau Costa, defende que a crise no comércio local não está relacionada com a actual conjuntura económica e que os CTT estão a "estender um braço à sociedade" com este projecto.

OUTROS BENS

A campanha iniciada em 2008 não inclui apenas bens alimentares. Os donativos poderão ser feitos sob a forma de roupa, calçado, medicamentos, produtos de higiene, material escolar, brinquedos e material didáctico.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)