Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

Más condições afastam navio

O mau tempo e as limitações de acesso ao porto levaram o comandante do navio de cruzeiros ‘Grand Holiday', com cerca de 1500 passageiros e 700 tripulantes a bordo, a cancelar, hoje, a escala em Portimão e a rumar a Málaga.
17 de Março de 2013 às 01:00
A escala em Portimão foi há vários meses anunciada na internet pelo operador turístico. Cada passageiro teria gasto, em média, 60 euros na cidade.

Esta foi a segunda escala no porto de cruzeiros a ser cancelada numa semana, mas o mais habitual é que grandes navios, como o ‘Grand Holiday', de 220 metros, optem por ficar ao largo, devido às limitações de acesso ao porto - uma situação que desagrada tanto a armadores como a passageiros.

Apesar desta situação, o porto de cruzeiros de Portimão tem este anos 55 escalas programadas, com 37 mil passageiros. O Instituto Portuário e dos Transportes Marítimos (IPTM) está atualmente a preparar um projeto de desenvolvimento do Porto de Portimão, para melhorar a acessibilidade marítima. "O objetivo é atingir os 250 mil passageiros por ano, através da receção de navios de mais de 300 metros, com capacidade para mais de 2500 passageiros cada", revelou ao CM o diretor delegado do IPTM Sul, Brandão Pires.
mau tempo navio portimão porto
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)