Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Mata dono de restaurante por barulho do exaustor (COM VÍDEO)

Farta de barulhos do exaustor da churrasqueira em frente à sua casa e do movimento dos carros e de pessoas à porta, uma mulher de 64 anos disparou dois tiros de pistola contra o dono, Paulo Martins, em Ferrel, Peniche, a 27 de Maio de 2011. Acusada de homicídio qualificado e detenção ilegal de arma, Laura Farto e o marido, José Lourenço, 69 anos, sob quem recai o crime de omissão de auxílio, começaram ontem a ser julgados.
12 de Abril de 2012 às 01:00
Arguidos ontem no tribunal
Arguidos ontem no tribunal FOTO: Carlos Barroso

 

"A loucura deu-me para isso. Não estava em mim. Hoje estou arrependida, mas na altura fi-lo porque ele batia no meu marido e ameaçava-nos", disse a arguida em tribunal. A viúva da vítima, Lídia Dias, de 40 anos, sustentou que foram os arguidos que fizeram "ameaças de morte". As alegações são dia 4 de Maio. n F.G.

HOMICÍDIO MORTE JULGAMENTO PENICHE
Ver comentários