Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

Mata marido à facada e martelada

Quando chegou ontem de manhã a casa dos pais, em São Julião do Tojal, Loures, uma mulher deparou-se com um cenário macabro. No chão, ao lado da cama, estava o corpo do pai, conhecido por ‘Zé do Metro’, de 67 anos, envolto numa poça de sangue. Na cama estava deitada a mãe, Glória, de 65 anos. A seu lado, uma faca ensanguentada, um martelo e uma corda, as armas usadas no crime. No ar um cheiro nauseabundo, pois a vítima tinha sido morta há três dias pela mulher.
12 de Setembro de 2010 às 00:52
Glória foi transportada para o Hospital Curry Cabral
Glória foi transportada para o Hospital Curry Cabral FOTO: Mariline Alves

Glória, segundo o CM apurou, tem um passado de problemas mentais, pelo que à chegada da GNR foi transportada para o Hospital de Santa Maria e posteriormente para a ala de Psiquiatria do Curry Cabral, onde terá confessado o crime.

A descoberta macabra foi feita pela filha do casal, ontem, às 11h00, e, dada a natureza do crime, a investigação ficou entregue à secção de Homicídios da PJ. A extensão dos ferimentos na vítima era tal que só a autópsia poderá determinar que arma provocou o golpe fatal.

Ver comentários