Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Matam mulher mas não roubam

PJ de Braga mantém todos os cenários em aberto.
Ana Isabel Fonseca e Tânia Laranjo 16 de Julho de 2016 às 09:32
Matam mulher mas não roubam
A Polícia Judiciária de Braga mantém todos os cenários em aberto no caso da mulher, de 66 anos, que foi na quinta-feira encontrada morta em casa. Maria das Dores Afonso Dias foi assassinada a tiro num cenário que aparentava ser um assalto. Nada foi, no entanto, levado do interior da moradia em S. Paio, Arcos de Valdevez, o que causa alguma estranheza.

As autoridades também ainda não conseguiram perceber se o crime violento foi cometido apenas por uma ou mais pessoas. Para já ainda não há qualquer pista que possa levar a desvendar o homicídio. A autópsia ao corpo da vítima foi realizada durante a tarde de ontem. A mulher não era vista desde as 18h00 de quarta-feira. Foi uma amiga que na quinta-feira foi à casa e viu as janelas partidas.
Polícia Judiciária de Braga Maria das Dores Afonso Dias S. Paio Arcos de Valdevez crime lei e justiça
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)