Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

Mataram reformado à pancada

O senhor Faustino, como era conhecido em Vila Franca de Xira, de 74 anos, foi espancado até à morte, na madrugada de quarta-feira, na pequena barraca onde vivia, no Bairro da Pedra Furada.
16 de Fevereiro de 2007 às 00:00
Local do crime, no bairro da Pedra Furada, em Vila Franca. PJ investiga
Local do crime, no bairro da Pedra Furada, em Vila Franca. PJ investiga FOTO: Mariline Alves
A viver em condições sub-humanas, o idoso nada tinha que pudesse ser roubado. No interior da barraca, constituída por duas divisões diminutas, apenas possuía uma mesa, um pequeno armário, uma cama e um varão onde pendurava a sua roupa. O senhor Faustino trabalhou muitos anos em França e vivia agora da reforma.
Para se chegar ao local, é necessário percorrer um longo ‘caminho de cabras’ por uma encosta acima. Mesmo assim, um ou mais homens deslocaram-se ao local e agrediram o senhor Faustino com violência tal que o mataram.
O corpo da vítima foi encontrado na quarta-feira de manhã por agentes da PSP de Vila Franca de Xira, mas segundo o médico legista, a morte terá ocorrido entre a meia-noite e a 01h00.
Ao local deslocaram-se também elementos da Polícia Judiciária, que estão agora a investigar o homicídio. O corpo só foi retirado às 14h00 pelos Bombeiros Voluntários de Vila Franca de Xira.
“O Faustino saía sempre por volta das 06h00 e regressava cerca das 17h00, porque já nem tinha luz em casa”, disse ao CM Franciso Peixinho, morador no Bairro da Pedra Furada.
“Ele já uma vez tinha ido fazer queixa à polícia por ter sido ameaçado. Aliás, aqui no bairro há muitos assaltos e agressões. Alguns moradores não têm quase nada, mas roubam-lhes pequenos rádios, televisores e até os relógios. As casas são vandalizadas”, salientou aquele morador.
Francisco Peixinho recordou que “há cinco anos” foi encontrado morto, perto do bairro, um outro homem que morava na casa depois ocupada pelo senhor Faustino.
Este morador salientou que algumas pessoas do bairro vivem em condições miseráveis, apesar de já estar praticamente concluído um edifício construído pela Câmara Municipal de Vila Franca de Xira para realojar 27 famílias. “Só faltam os acabamentos exteriores, mas as obras estão paradas há meses”, disse.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)