Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

"Matei-a por me acusar de lhe roubar as favas"

Matou vizinha com sachola. Atingiu e deixou em estado grave neta da vítima, de dois anos.
22 de Maio de 2014 às 10:55
Diamantino Pataia começou a ser julgado ontem de manhã no Tribunal de Alenquer
Diamantino Pataia começou a ser julgado ontem de manhã no Tribunal de Alenquer FOTO: David Cabral Santos

A pequena Leonor, bebé de dois anos, foi apanhada no local errado à hora errada, em casa da bisavó, em casal do Pedrulho, Alenquer. Uma discussão entre Maria Manuela e o vizinho acabou, a 17 de junho de 2013, com a morte da mulher de 70 anos à sacholada. A menina foi também atingida com dois golpes – sofreu um AVC e perdeu massa encefálica. Deixou de conseguir andar e falar. Atualmente está em Alcoitão e regista poucas melhorias.

Ontem, o homicida Diamantino Pataia, de 65 anos, começou a ser julgado. "Ela [vítima mortal] acusou-me de lhe roubar as favas nos terrenos dela. Começámos a discutir e ela atirou-me com a sachola. Quem vai à guerra dá e leva. Peguei na sachola e dei-lhe com ela. Desorientei me", justificou. O agricultor, em prisão preventiva, disse que não viu a pequena Leonor.

Já a vizinha, que tentou ajudar a vítima mortal, desmentiu o homicida. "Eu estava a passar à porta da minha vizinha quando ouvi gritos. Entrei dentro de casa e estava ele em cima da Maria Manuela a apertar-lhe o pescoço. Ainda não tinha dado com a sachola. A menina estava ao lado dela a chorar e a gritar pela avó. A Maria Manuela só me pedia para salvar a Leonor", disse a vizinha.

Diamantino foi encontrado com a sachola ensanguentada nas mãos. À GNR, o homicida perguntou: "Ela já está morta? É que se não estiver eu vou aí e termino o serviço". A mulher morreu no local. A bisneta foi encontrada no quarto, deitada. A menina esteve um ano internada no Hospital de Santa Maria. Ficou com 60 % de incapacidade.

Alenquer morte Diamantino Pataia sachova vizinha roubo favas
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)