Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Mau sexo provoca morte a emigrante português em França

Noite de prazer gay envolveu também duas mulheres, na cidade de Carbonne.
Fátima Vilaça 30 de Outubro de 2019 às 01:30
A carregar o vídeo ...
Noite de prazer gay envolveu também duas mulheres, na cidade de Carbonne.
A performance sexual do emigrante português de 33 anos não terá correspondido às expectativas do parceiro, de 38, que conheceu através de um site de encontros na internet.

Na manhã de sábado, após uma noite de prazer que envolveu também duas mulheres, na cidade francesa de Carbonne, perto de Toulouse, Sérgio Rodrigues, originário de Vizela, foi esfaqueado até à morte com 40 golpes, em diversas zonas do corpo. O funeral ainda não está marcado.

As duas mulheres chegaram a ser interrogadas, por suspeita de coautoria do crime, mas acabaram libertadas. O homicida, um cadastrado em liberdade condicional, foi detido no próprio dia. Ontem, um juiz de instrução mandou-o de novo para a cadeia. Com seis crimes contra pessoas no registo criminal, o homicida tinha sido condenado em 2003 a 23 anos de cadeia pela morte de um amigo à facada. Cumpriu 17 e há dois anos saiu em condicional.

No sábado voltou a matar. O cadáver do emigrante de Vizela foi encontrado pelas 13h30, após o alerta ter sido dado pelas duas mulheres que tinham passado a noite no apartamento do homicida juntamente com a vítima, Sérgio Rodrigues.

As mulheres saíram do apartamento na rua Jean-Jaurés ao início da madrugada, deixando os homens sozinhos. Ao início da manhã, os dois ter-se-ão desentendido, segundo confessou o próprio às autoridades, "porque o sexo não foi bom".

Durante uma discussão, Sérgio Rodrigues foi brutalmente assassinado com 40 facadas.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)