Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

Tornado deixa rasto de destruição

Atingiu povoação de Bacharela, em Alcobaça.
17 de Setembro de 2014 às 07:55
O vento arrancou telhados de seis casas, que foram logo repostos
O vento arrancou telhados de seis casas, que foram logo repostos FOTO: Carlos Barroso

Havia "muito lixo e poeira no ar e um barulho esquisito. Vi um carro a começar a dar voltas. Estava em casa e fiquei assustado, só me queria esconder em algum lado, porque só tinha visto isto nos filmes", contou ao CM Nuno Santos, morador em Bacharela, Alcobaça.

A povoação foi ontem afetada por um tornado, que danificou telhados de casas e derrubou árvores e infraestruturas elétricas e de telecomunicações. Apesar dos danos, não houve feridos nem desalojados.

Leia também

Aquela zona do concelho foi "assolada por um fenómeno chamado supercélula – espécie de minitornado – que provocou intensa precipitação e vento forte", explicou ao CM Mário Cerol, comandante dos Bombeiros Voluntários de Alcobaça.

A casa de Nuno Santos escapou sem prejuízos, mas o mesmo não podem dizer os proprietários de outras cinco casas e de um barracão agrícola, que devido ao temporal ficaram parcialmente sem telhas.

"O pinhal foi parar ao meio da estrada. Foi um susto enorme. Quando cheguei, a minha vizinha estava em pânico. Os meus sogros estavam dentro da casa, mas não lhes aconteceu nada", contou Sandra Coito, cuja residência foi a mais afetada. "Além do telhado, ficaram partidos o portão, os estores e a varanda", adianta.

Uma mulher que ia num carro cujo vidro lateral se partiu com a força do vento foi atingida pelos estilhaços na cara e num braço, mas não precisou de receber tratamento hospitalar.

O posto de vendas de uma central fruteira na Quinta das Freiras sofreu danos avultados e cinco veículos que se encontravam na cooperativa também foram afetados pela queda de árvores.

meteorologia comandante dos Bombeiros Voluntários de Alcobaça Sandra Coito Quinta das Freiras Nuno Santos
Ver comentários