Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Mau tempo estraga miniférias

Álvaro Fernandez, um informático de 24 anos, natural de Sevilha, olhava, ontem, com ar desolado para o mar da praia de Olhos d’Água, em Albufeira. À semelhança do turista espanhol, também os outros cerca de 600 mil visitantes que rumaram ao Algarve, ficaram com as miniférias estragadas devido à chuva que brindou a região.
15 de Abril de 2006 às 00:00
Praias ficaram desertas
Praias ficaram desertas FOTO: José Carlos Campos
O mau tempo beneficiou, no entanto, os centros comerciais. Enquanto na capital algarvia o espaço eleito foi o Forum Algarve, em Albufeira – destino preferido dos milhares de turistas nacionais e estrangeiros – o AlgarveShoping registou uma afluência inesperada. O movimento intenso nos acessos ao centro comercial da Guia, na Estrada Nacional 125, traduziu a imposta fuga das praias, tendo as esplanadas interiores beneficiado com a reviravolta das condições atmosféricas que, anteontem, prometiam umas miniférias de sol e mar.
REGRESSO DESILUDIDO
‘Enganado’ pelo tempo, Álvaro viu assim goradas as expectativas criadas nesta segunda visita ao Algarve: “Estive cá no ano passado e adorei o clima e as praias, por isso sinto-me desiludido”, confessou ao CM o turista espanhol.
Do outro lado da fronteira acabara de chegar Maria do Carmo Bica. Saíra de Vouzela para assistir às cerimónias religiosas de Sevilha mas, como não conseguiu alojamento, decidiu rumar ao Algarve. E nem a chuva desmoralizou a engenheira agrícola de 42 anos: “O mau tempo não me atrapalha, vim para as procissões.”
Apesar da ligeira subida da temperatura prevista para hoje, só amanhã, segundo o Instituto de Meteorologia, o sol deverá brilhar de novo na região.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)