Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Grávida agride médica com “murros e pontapés” no Hospital Amadora Sintra

Mulher só terá sido parada por outra profissional de saúde que pratica artes marciais.
João Saramago 15 de Junho de 2022 às 10:22
A carregar o vídeo ...
Médica agredida por grávida no Hospital Amadora Sintra
Uma médica do serviço de ginecologia e obstetrícia do Hospital Amadora Sintra foi agredida nesta terça-feira por uma grávida com perturbações emocionais. O Hospital Professor Doutor Fernando Fonseca, mais conhecido por Amadora-Sintra, confirma a agressão, que ocorreu pelas 2h00.

A médica e a utente, que não toma a devida medicação, ter-se-ão desentendido, ao que a grávida terá começado a agredir a profissional de saúde com murros e pontapés. A mulher, alegadamente, só terá sido parada por outra profissional que pratica artes marciais.

A utente foi identificada pelo agente da PSP de serviço no hospital e foi acionado o mecanismo interno de apoio a profissionais de saúde vítimas de violência, que inclui apoio clínico, psicológico e jurídico.

A médica sofreu ferimentos ligeiros e não houve necessidade de ser internada.

Os médicos pedem um plano para prevenir estes casos e querem que as agressões contra profissionais de saúde sejam consideradas crime público.

O Conselho de Administração do hospital lamenta profundamente o sucedido e repudia veementemente todo e qualquer ato de violência contra os seus profissionais.
Hospital Amadora Sintra saúde agressão médica grávida
Ver comentários
C-Studio