Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

Médicos de Coimbra em conflito

Dois docentes da Faculdade de Medicina de Coimbra (FMC) – Linhares Furtado, o maior especialista português em transplantes e Castro Sousa, cirurgião e presidente do Conselho Directivo da FMC – estão em guerra aberta.
31 de Julho de 2005 às 00:00
Problemas nos HUC
Problemas nos HUC
Como o CM já tinha noticiado em meados de Junho, o especialista em transplantes acusa o colega de “más práticas médicas e desperdício de órgãos” e, segundo informações agora avançadas pelo jornal ‘Expresso’, terá apresentado queixa à Ordem dos Médicos.
Em causa está o trabalho de Castro Sousa à frente da Unidade de Transplantes dos Hospitais da Universidade de Coimbra, que dirigiu em 2004 e onde, de acordo com Linhares Furtado, terá colocado em risco a vida de doentes. Uma crise que levou à demissão de Castro Sousa do serviço que dirigia e culminou com a demissão da direcção dos Hospitais da Universidade de Coimbra.
Contactado pelo CM, Linhares Furtado, reformado desde 2003 da sua actividade hospitalar, escusou-se a fazer comentários, sendo claro o mal-estar quando está em causa a relação com Castro Sousa, com quem não foi possível entrar em contacto até ao fecho desta edição.
Ver comentários