Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

Médicos do Hospital Joaquim Urbano em greve

Os médicos com horário semanal de 35 horas do Hospital Joaquim Urbano, Porto, iniciam, esta quinta-feira, o quinto mês consecutivo de greve para obrigar o Governo a actualizar os valores das horas extraordinárias.
13 de Janeiro de 2005 às 10:07
Durante o período da paralisação apenas serão assegurados os serviços prestados aos domingos e feriados, bem como tratamentos de quimioterapia do foro oncológico, estabelece o pré-aviso de greve.
O Governo comprometeu-se em 2000 a pagar as horas extraordinárias dos médicos do regime das 35 horas semanais pela tabela dos que prestam serviço 42 horas semanais, desde que tenham contribuído para o combate às listas de espera, mas a promessa não se concretizou no caso do Hospital Joaquim Urbano.
O Hospital Joaquim Urbano é a principal unidade hospitalar do Porto especializada em pneumologia e doenças infecto-contagiosas.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)