Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

Megaoperação para encontrar criança inglesa no Algarve

Menino de 7 anos esteve horas desaparecido. Britânico entregou-o à PSP de Lagos.
Ana Palma e João Mira Godinho 29 de Julho de 2017 às 09:50
GNR partilhou foto com o menor encontrado
Praia da Luz
Praia da Luz
Praia da Luz
GNR partilhou foto com o menor encontrado
GNR partilhou foto com o menor encontrado
Praia da Luz
Praia da Luz
Praia da Luz
GNR partilhou foto com o menor encontrado
GNR partilhou foto com o menor encontrado
Praia da Luz
Praia da Luz
Praia da Luz
GNR partilhou foto com o menor encontrado
O desaparecimento do menino inglês de 7 anos, na Praia da Luz, Lagos, cerca das 11h00 de quinta-feira, levou as autoridades a desencadearam uma operação de busca em grande escala, mal foram alertados para a situação pelos pais do menor, uma hora e meia depois do desaparecimento.

Tal como o CM noticiou, a criança foi entregue, em segurança, por um inglês, de 65 anos, na PSP de Lagos, pelas 13h00.

Segundo o CM apurou, a GNR foi a primeira força de segurança a ser alertada, às 12h30 (através do 112), pois os pais, desesperados, ainda tentaram encontrar o filho pelos seus próprios meios durante algum tempo.

Os militares começaram de imediato a fazer buscas no mato, na vila e até porta a porta. A Polícia Marítima também foi para o terreno e a Polícia Judiciária começou a formar uma equipa especial para se deslocar à Praia da Luz a fim de investigar o caso.

O facto de o desaparecimento do menor ter ocorrido na vila onde ainda perdura a memória do desaparecimento de Madeleine McCann, de 3 anos, há 10 anos, terá contribuído de forma decisiva para a rápida atuação das autoridades.

O menino desapareceu durante um passeio com os pais numa zona de falésias conhecida como Rocha Negra.

PORMENORES 
Criança correu
De acordo com o que os pais disseram à GNR, a família já estava a descer da Rocha Negra, onde tinha ido passear, para a Praia da Luz, quando o filho começou a correr e desapareceu.

Selfie com a GNR
O menino inglês tirou uma selfie com os militares da GNR que o foram buscar à esquadra da PSP de Lagos. Estava ileso e bem-disposto.

Pediu ajuda
A criança pediu ajuda ao cidadão britânico que o levou à PSP, mas não conseguiu explicar onde estavam os pais.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)