Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

MENINGITE AFLIGE NO ALGARVE

Um aluno da Escola Secundária José Belchior Viegas, em São Brás de Alportel, foi internado quinta-feira, nos Cuidados Intensivos do Hospital Distrital de Faro (HDF) com sintomas de sepsis meningocócica. Segundo apurámos o quadro clínico do jovem, de 16 anos, é considerado bastante grave.
22 de Novembro de 2003 às 00:00
De acordo com o delegado regional de Saúde Pública do Algarve, Francisco Mendonça, apesar de terem procedido a sucessivos exames laboratoriais os médicos do HDF ainda não tinham identificado ontem o agente causador da doença: “Não há ainda confirmação bacteriológica de que se trata de meningite meningocócica, se é de origem bacteriana ou viral”, revelou aquele responsável, que desdramatizou a situação relativamente ao risco de contaminação entre os alunos do estabelecimento de ensino frequentado pelo menor: “Nas meningites meningocócicas só é feita quimioprofilaxia aos contactos íntimos, já que a bactéria é transmitida através da saliva. As normas de procedimento da Direcção-Geral de Saúde prevêem apenas este tipo de intervenção nos infantários, onde existe de facto o risco de contágio”, salientou Francisco Mendonça.
Apesar da preocupação manifestada pelos pais dos alunos que frequentam a mesma escola do jovem, o conselho executivo do estabelecimento de ensino decidiu não encerrar, embora as aulas tenham sido suspensas durante a tarde devido à ausência da maioria dos professores, que aderiram à greve nacional.
Ver comentários