Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

MENINGITE MATA JOVEM

Um jovem de 21 anos, residente em Golpilheira, Batalha, morreu na terça-feira, no Hospital dos Covões, em Coimbra, vítima de meningite fulminante. A Autoridade de Saúde da Batalha, Vítor Sousa, considera que se tratou de “um caso isolado, pontual” e medicou a família e os amigos que estiveram em contacto directo com o jovem por “prevenção” e para “debelar algum micróbio”.
21 de Março de 2003 às 00:00
A empresa onde o jovem trabalhava foi alertada para a situação pela Autoridade de Saúde de Alcobaça, Maria Assunção Almeida, porque as pessoas estavam assustadas, embora “não houvesse o mínimo risco de contágio”, dado que o jovem deixou de ir trabalhar vários dias antes de contrair a infecção meningocócica, que tem uma “evolução rápida”.

Marco Monteiro trabalhava numa empresa de moldes, na Martingança, e na quinta-feira não foi trabalhar por ter fortes dores de cabeça. No domingo piorou e foi transportado ao Hospital de Leiria, sendo transferido para o Hospital dos Covões, em Coimbra, onde viria a falecer.

No distrito de Leiria, este é o segundo caso mortal de meningite no último ano. O outro ocorreu em 2002, em Leiria, com um jovem de 21 anos. A maior parte dos doentes são crianças, mas a incidência de casos “tem vindo a diminuir”, disse Bilhota Xavier, o director do Serviço de Pediatria do Hospital de Leiria.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)