Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Menino morre em queda

Uma queda de cerca de sete metros de altura vitimou mortalmente uma criança de dois anos, na Pedra Mourinha, Portimão, anteontem à noite. David Filipe Fonseca Mendes, que vivia com a família no 1.º andar do Lote 10 B da Urbanização Algarve Sol, caiu, cerca das 21h00, da varanda do quarto dos pais e foi embater num passeio de cimento.
19 de Maio de 2006 às 00:00
David Filipe Mendes
David Filipe Mendes FOTO: d.r.
“Eu vi o meu irmão a subir o muro da varanda e fui a correr para o agarrar mas quando lá cheguei ele já tinha caído”, disse ao CM o irmão mais velho, Pedro, de nove anos.
Momentos antes da queda, David estava a brincar, em cima da cama dos pais, com o irmão do meio, João Pedro, de cinco anos. “Ele foi para a varanda e eu nunca mais o vi”, recorda este último.
A mãe, Eva Mendes, cabeleireira, são-tomense, estava a fazer o jantar e o pai, António Pedro, pedreiro, que tinha acabado de sair de casa para “ir comprar gelados aos filhos” quando a tragédia aconteceu. Transtornados, mostravam-se ontem ainda incrédulos face ao sucedido.
A criança foi transportada, em estado muito grave, para o Hospital de Portimão, onde morreu às às 22h49.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)