Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Menor assassina para ter trabalho

Jovem, de 17 anos, estaria desesperado com a falta de emprego dos pais e matou colega.
10 de Junho de 2013 às 01:00

Um menor português, de 17 anos, foi detido no País Basco, em Espanha, pela morte de um colega de trabalho, José Javier Gutiérrez, de 53 anos. As autoridades acreditam que o crime foi cometido pelo facto de o jovem, ainda estagiário de soldador, querer ficar com o posto de trabalho da vítima. Os pais do homicida – que moram, há já algum tempo, na localidade de Vitória onde ocorreu o crime – estariam desempregados, o que pode ter levado o menor ao desespero. O jovem está preso no Centro de Internamento de Menores de Zumárraga.

Entretanto, a polícia basca encontrou provas que não deixam dúvidas de que o menor foi o autor da morte, que ocorreu por estrangulamento. As autoridades encontraram sangue da vítima numa das sapatilhas do jovem português. A corda usada para matar José tinha vestígios de ADN do menor.

O crime ocorreu a 22 de maio, na casa de banho de uma garagem comunitária, onde a vítima vivia. O menor português estagiava na empresa onde José era soldador. Todos os dias a vítima dava boleia ao homicida. Foi, aliás, o jovem assassino que deu conta do desaparecimento, de forma a não levantar suspeitas. Um dos filhos da vítima encontrou o cadáver do pai. O menor foi agora apanhado.

crime Espanha menor assassinato
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)