Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

Menor em fuga ameaça mãe por denunciar assalto

Casal de adolescentes usa telemóveis para enviar mensagens a contestar divulgação do crime em Odivelas.
João Carlos Rodrigues 18 de Outubro de 2019 às 01:30
Vanda Lopes fez apelo na televisão para o filho regressar a casa
Vanda Lopes fez apelo na televisão para o filho regressar a casa FOTO: CMTV
O jovem que assaltou a pastelaria da própria mãe em Odivelas – com a ajuda da namorada e outro cúmplice – ameaçou a progenitora por o ter denunciado às autoridades policiais e ao Correio da Manhã. Francisco, de 16 anos, estava dado como desaparecido desde o dia 4 deste mês e a única vez que voltou a ser visto pela família foi através das imagens de videovigilância do estabelecimento, na madrugada de terça-feira, a fugir com mais de três mil euros em dinheiro.

"O Francisco enviou-me uma mensagem por telemóvel eram 10 da noite [de quarta-feira], a dizer que não foi ele que assaltou o café. Perguntou se eu achava bem em estar a expor a namorada e a família dela, porque estavam a ser ameaçados. Não sei se é verdade, duvido. Mas disse que estão a ser ameaçados e que, se acontece alguma coisa à avó da B. ou ao irmão mais pequeno dela, ele vai vingar-se", confessou esta quinta-feira Vanda Lopes no programa ‘Manhã CM’.

"Lamento que o Francisco tenha tido este discurso porque ele não pensou nos três irmãos, que são do sangue dele. São irmãos dele e está completamente cego", aponta a mãe, que se viu obrigada a apresentar queixa na PSP e a identificar o filho como o autor do assalto.

"Ele neste momento não vê as coisas dessa forma. Ele ontem disse-me por mensagem que eu o quero ver é preso. Mas a única coisa que eu quero é apelar para que ele apareça, que venha para casa. Apesar daquilo que fez, ele não deixa de ser meu filho e nós estamos de braços abertos para o receber".

Francisco e B., ambos com 16 anos, estão a ser procurados pelas autoridades policiais por suspeita do assalto. Apesar de serem menores, já são imputáveis e podem vir a responder em tribunal pelo furto. "Ele tem de responder por aquilo que fez. Mas, ainda assim, não deixa de ser meu filho. Não quero ser cúmplice disso, não quero que o meu filho entre nessa vida."

PORMENORES
Em sofrimento
Vanda Lopes diz que já perdeu 10 quilos desde o desaparecimento do filho, a 4 de outubro, e que se mantém de pé com a ajuda de medicamentos. "É um misto grande de emoções que não se consegue explicar", conta a progenitora, que tem mais três filhos.

PSP analisa vídeo
As imagens captados pelo sistema de videovigilância da pastelaria Camélia mostram três pessoas encapuzadas a entrarem na pastelaria e a dirigirem-se aos cacifos e à caixa registadora. O vídeo está agora a ser analisado pela PSP, que tenta também localizar os dois jovens.
Odivelas Correio da Manhã Francisco Vanda Lopes PSP crime lei e justiça questões sociais crime
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)