Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

Menor golpeia colega no recinto da escola em Matosinhos

Vítima, de 15 anos, disse à GNR que foi utilizada uma faca, mas o agressor fala numa caneta.
Nelson Rodrigues e Ana Isabel Fonseca 4 de Outubro de 2019 às 01:30
Jovem de 15 anos foi atacado com um objeto cortante no recinto da Escola Básica 2/3 de Perafita, em Matosinhos
Menor de 15 anos agredido por colega em escola de Matosinhos
INEM
INEM
Jovem de 15 anos foi atacado com um objeto cortante no recinto da Escola Básica 2/3 de Perafita, em Matosinhos
Menor de 15 anos agredido por colega em escola de Matosinhos
INEM
INEM
Jovem de 15 anos foi atacado com um objeto cortante no recinto da Escola Básica 2/3 de Perafita, em Matosinhos
Menor de 15 anos agredido por colega em escola de Matosinhos
INEM
INEM
Um rapaz de 15 anos foi transportado para a Pediatria do Hospital de São João, no Porto, esta quinta-feira à tarde, depois de ter sido atacado com um objeto cortante na barriga, no recinto da Escola Básica 2/3 de Perafita, em Matosinhos.

A vítima, que não corre risco de vida, disse à GNR que não tem dúvidas de que foi usada uma faca, descrevendo essa arma aos militares. Já o agressor, da mesma idade, referiu que usou uma caneta para espetar no seu colega de escola.

As circunstâncias em que ocorreu o ataque ainda não estão totalmente claras, mas, segundo testemunhos no local, os dois rapazes tinham estado a discutir pouco antes da agressão. Certo é que o alerta foi dado às 13h10, aos professores e funcionários, por outros alunos da instituição que viram a vítima já a sangrar. Ao local, acorreu o INEM, que socorreu o menor e depois encaminhou-o para a unidade hospitalar, local onde ficou em observação durante toda a tarde de quinta-feira.

No exterior da escola, os pais de outros estudantes mostraram-se chocados com a possibilidade de um aluno ter entrado na escola com uma faca. "Como é possível?", questionaram, não sabendo, porém, quem é o estudante agressor. Apesar de várias diligências na escola, as autoridades que estão a investigar o caso não recuperaram a alegada arma utilizada.

O CM tentou obter esclarecimentos junto da direção da escola, mas o porteiro da instituição referiu que "ninguém vai prestar explicações".
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)