Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

Mergulhador desmente versão de Dux sobre tragédia do Meco

Agente da Polícia Marítima admitiu que seria muito difícil alguém sobreviver.
Sofia Garcia 6 de Maio de 2021 às 08:26
A carregar o vídeo ...
Mergulhador forense desmente e contraria versão de Dux sobre tragédia do Meco

Sete anos depois da tragédia do Meco, o único sobrevivente garantiu ao Tribunal de Setúbal que está vivo por “milagre” e que as vítimas estavam de frente para o mar quando foram arrastadas por uma onda.

A versão foi contrariada pelo mergulhador da Polícia Marítima, que garantiu em audiência que quando chegou ao local, pouco depois do acidente, recolheu João Gouveia à carrinha da PM e que o mesmo lhe disse que os estudantes estavam lado a lado, de costas para o mar.

Além de contrariar o ex-dux da Lusófona, o agente admitiu que seria muito difícil alguém sobreviver. “A testemunha descreveu o mar como ‘quebra coco’, ou seja, as ondas quando rebentavam partiam tudo”, explicou Vítor Parente Ribeiro, advogado dos pais das vítimas.


Ver comentários