Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

Metro do Porto liberta ácido

Um problema eléctrico durante a manhã de ontem na principal estação de metro do Porto – a Trindade –, que originou um derrame de ácido, teve de ser resolvido pelos Bombeiros Sapadores da cidade. Estes acorreram ao local com cinco viaturas e dezasseis homens.
19 de Janeiro de 2007 às 00:00
Acidente não fez feridos
Acidente não fez feridos FOTO: António Rilo
A situação aconteceu numa das zonas técnicas da estação e foi provocada pela substituição de um carregador de baterias de um equipamento de apoio, que seria, segundo um técnico, “potente demais”.
As baterias não aguentaram o novo carregador e começaram a ferver, libertando um líquido ácido, cujo cheiro se espalhou pela estação.
Isto ocorreu às 09h30 e os Sapadores foram de pronto chamados para ventilar o local, para que os técnicos conseguissem entrar na zona e resolver o problema.
Tudo acabou por não passar de um susto, até porque ninguém se sentiu mal. Segundo fonte da empresa, o metro circulou com normalidade.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)