Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

MILITAR DA BT ATROPELADO

Um militar da Brigada de Trânsito da GNR, Destacamento de Penafiel, ficou ontem ferido quando um veículo ligeiro chocou frontalmente com a sua moto, em Telões, Vila Pouca de Aguiar. O automóvel terá desrespeitado as ordens daquele e de outro guarda, que faziam de batedores a uma viatura de grandes dimensões.
19 de Dezembro de 2003 às 00:00
O sinistrado, de 33 anos, foi conduzido ao Centro de Saúde de Vila Pouca de Aguiar com uma fractura numa perna e escoriações no rosto e no corpo, sendo posteriormente transferido para o Hospital de Vila Real dada a gravidade dos ferimentos que apresentava, no entanto encontra-se livre de perigo.
A colisão ocorreu às 13h00 no cruzamento de Telões, junto à antiga fábrica da Tabopan, no momento em que o trânsito estava parado para dar passagem ao camião de grandes dimensões carregado com pás de ventoinhas eólicas, com destino à serra do Larouco, Montalegre.
Um Alfa Romeo, conduzido por um jovem de 22 anos, da Póvoa de Varzim, não terá respeitado a ordem de paragem e ultrapassou o camião, tocando de raspão num dos militares e abalroando o segundo, o que o fez projectar para fora da estrada.
A moto deste ficou completamente desfeita e, na queda, o militar ficou preso numa vedação de arame.
SUCESSÃO DE CASOS
Este é mais um caso de agentes atropelados. O mais grave resultou na morte de um chefe da PSP em Vila Real de Santo António, numa barreira policial, em 10 de Novembro. No mesmo dia, foram atropelados três polícias da Amadora por um carro em fuga. Dois dias antes, um militar da BT, em Amarante, foi arrastado 30 metros. Finalmente, há uma semana, dia 10, um polícia foi colhido por um motociclo.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)