Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

Militar da GNR sobre roubo de Tancos: "Cumpri ordens dos superiores"

Superiores garantiram que Azeredo Lopes sabia das negociações.
Rita F. Batista 14 de Janeiro de 2020 às 09:01
Bruno Ataíde, da GNR de Loulé
Bruno Ataíde, da GNR de Loulé FOTO: CMTV
Bruno Ataíde, militar da GNR, foi ouvido esta segunda-feira na fase de instrução relativa ao furto de armas de Tancos e afirmou em tribunal que tudo aquilo que fez se deveu ao "cumprimento de ordens superiores", até porque os "superiores hierárquicos garantiram que Azeredo Lopes [na altura ministro da Defesa] estava a par das negociações".

À saída do Tribunal Central de Instrução Criminal, em Lisboa, o advogado Fernando Cabrita não se quis pronunciar relativamente aos temas sobre os quais recaíram as perguntas do juiz Carlos Alexandre, mas ainda assim explicou que na Guarda Nacional Republicana tudo decorre dentro de trâmites que seguem "uma sequência hierárquica". "O meu cliente pertence praticamente à base desta hierarquia", sublinhou ainda o advogado.

A sessão durou mais de seis horas com o juiz de instrução criminal a insistir, sabe o Correio da Manhã, em questões relacionadas com essa mesma hierarquia, no sentido de perceber quem deu ordens a quem e quem sabia o quê relativamente ao alegado fingimento no reaparecimento das armas furtadas.  

O militar chegou mesmo a garantir que os seus superiores lhe deram conta de que Azeredo Lopes, antigo ministro da Defesa do Governo de António Costa, estava a par das alegadas negociações que decorriam entre a Polícia Judiciária Militar e o alegado mentor do assalto de Tancos.

O material reapareceu na Chamusca em outubro de 2017, três meses depois do furto nos paióis de Tancos. O Ministério Público (MP) defende que o reaparecimento foi encenado. O processo tem 23 arguidos constituídos, entre eles o militar da GNR ontem ouvido, amigo de infância de João Paulino, que o MP acredita ter sido o cérebro e negociador da devolução das armas furtadas.
GNR Tancos Bruno Ataíde Azeredo Lopes política defesa questões sociais
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)