"Minha menina", diz Djaló na última mensagem nas redes sociais para a irmã que morreu atropelada

Jovem morreu atropelada quando regressava a casa das Festas da Moita.
15.09.18
A irmã de Yannick Djaló, Açucena de 17 anos, morreu este sábado de madrugada vítima de atropelamento quando se deslocava das Festa da Moita para casa com um grupo de amigos. 

A 1 de agosto de 2018, o futebolista escreveu uma mensagem especial para Açucena para marcar o seu aniversário. 

"Tem coisas que o tempo não muda... Aos 17 anos... eu já era um homem... tu não és uma mulher ... és uma menina, a minha menina , vais ser sempre a minha menina, não interessa quão crescida te tornes, serás sempre a Açu, minha irmãzinha que mais parece minha filha. Ainda tens o mesmo sorriso meigo de quando tinhas 5 anos, a mesma voz doce de 12 e um carácter incrível que me enche de orgulho todas as vezes que penso em ti... todas as vezes que falo em ti. Parabéns, Açucena Patrícia, minha menina!", lê-se na publicação.


pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!