Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

Ministério chumba jardim-de-infância

O Ministério da Educação, através da Direcção Regional de Educação do Norte (DREN) ‘chumbou’ o jardim-de-infância de Mesão Frio, oferecido pelo empresário de turismo Mário Ferreira e inaugurado pelo ex-ministro do Desporto, Hermínio Loureiro.
22 de Março de 2005 às 00:00
Autarquia diz que este é um jardim-de-infância diferente
Autarquia diz que este é um jardim-de-infância diferente FOTO: Luís C. Ribeiro
Na vistoria efectuada em Dezembro foram detectadas anomalias que “não estão conforme com os regulamentos que regem estas infra-estruturas escolares”. Mais salas e casas de banho, uma copa, mais e melhores vedações são algumas das exigências que a DREN oficializou à Câmara de Mesão Frio para que aquele pavilhão possa abrir.
António Osório, vereador do pelouro da cultura da autarquia, explicou ao CM que este é um jardim-de-infância diferente dos que existem pelo País: “Mário Ferreira viu este modelo no estrangeiro, gostou e ofereceu-o a Mesão Frio”. O pavilhão tem seis salas: leitura, vídeo, pintura, jogos, e mais duas para serem usadas como as educadoras entenderem. A DREN quer uma sala fixa para cada uma das três educadoras. Existem cinco casas de banho. A lei exige uma para cada dez crianças, estão matriculadas setenta e cinco crianças, são necessárias mais três, que a autarquia diz já ter.
É ainda solicitado no ofício de vistoria uma copa, que os responsáveis não entendem para quê, “já que a alimentação vem do exterior”.
“Após as correcções pedidas espera-se a viabilização do projecto”, conclui António Osório.
Ver comentários