Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

Ministério Público acusa jovem francês por homicídio na noite do Porto

Crime ocorreu de madrugada junto à discoteca ‘Boîte’.
Ana Isabel Fonseca 19 de Abril de 2022 às 08:53
A carregar o vídeo ...
Ministério Público acusa jovem francês por homicídio na noite do Porto

O Ministério Público do Porto deduziu acusação contra Anas Kataya, o suspeito de nacionalidade francesa que a 10 de outubro do ano passado provocou a morte de Paulo Correia, no Porto. O arguido está acusado de um crime de homicídio qualificado.

A acusação do Departamento de Investigação e Ação Penal do Porto dá conta de que o crime ocorreu de madrugada junto à discoteca ‘Boîte’. Três jovens de nacionalidade francesa envolveram-se numa discussão com Paulo e dois amigos. As jovens chamaram depois outros elementos do seu grupo e foi nesse momento Anas Kataya cometeu o crime.

"O arguido foi no encalço da vítima mortal, tendo-lhe desferido, com grande violência, um murro na zona da cabeça, que fez com que a vítima rodasse a cabeça, revirasse os olhos, ficasse com a língua fora da boca, cambaleasse até uma viatura ali estacionada e embatesse na mesma, caindo ao chão, ali ficando prostrada", diz a acusação.

A acusação diz que Anas Kataya ainda agrediu um amigo de Paulo com murros na cabeça e responde por isso também pelo crime de ofensas à integridade física qualificada. Um segundo arguido francês também foi acusado de agressões.

Paulo ainda foi levado para o hospital, mas morreu no dia seguinte. Já Anas Kataya ficou em prisão preventiva. O Ministério Público requereu ainda a aplicação da pena acessória de afastamento de território nacional aos dois arguidos.

Ver comentários