Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Ministério rejeita inquérito a acidente de Odemira

O Ministério da Saúde não vai avançar com o inquérito aos socorros prestados à vítima de um acidente de viação na zona de Odemira, na semana passada, que acabou por morrer depois de sete horas de espera pelos socorros adequados. A tutela considerou que os cuidados de saúde e de emergência médica realizados "foram correctos e cumpriram as normais e orientações de serviço".
17 de Janeiro de 2007 às 19:08
"Concluiu-se que as intervenções do INEM (Instituto Nacional de Emergência Médica), através do CODU (Centro de Orientação de Doentes Urgentes), a acção do Centro de Saúde de Odemira e o acolhimento no Hospital de Santa Maria foram correctos e cumpriram as normais e orientações de serviço", refere, em comunicado, o Ministério da Saúde.
O ministério de Correia de Campos determinou perante esta conclusão, divulgada no final de uma reunião destinada a analisar as formas de melhoria do desempenho da rede de urgência/emergência do Alentejo, "que não há lugar a procedimento de inquérito".
Com a tutela estiveram reunidos o presidente do INEM, a Administração Regional de Saúde do Alentejo, representantes do Hospital de Santa Maria e do Centro Hospitalar de Beja, o presidente da Câmara de Odemira e o governador civil do distrito de Beja.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)