Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Ministro anula diretiva que bania expressões como "deixa-te de mariquices" nas Forças Armadas

Despacho é dirigido ao Estado-Maior-General das Forças Armadas, aos três ramos militares e aos serviços do ministério.
Sérgio A. Vitorino 2 de Outubro de 2020 às 21:50
O ministro da Defesa Nacional, João Gomes Cravinho
O ministro da Defesa Nacional, João Gomes Cravinho FOTO: Lusa

O ministro da Defesa, João Gomes Cravinho, mandou esta sexta-feira anular a diretiva do seu ministério sobre a "linguagem inclusiva" que bania das Forças Armadas expressões como "porta-te como um homem", "deixa-te de mariquice" e "não sejas uma menina", obrigando ainda ao uso de termos neutros de género nas comunicações escritas oficiais.

De acordo com um despacho desta sexta-feira, João Gomes Cravinho afirmam ter tomado conhecimento dos ofícios da sua secretaria geral acerca da Diretiva para a Utilização de Linguagem Não Discriminatória, dirigida ao Estado-Maior-General das Forças Armadas, Exército, Marinha e Força Aérea. "Por carecer de aprovação superior, e por se tratar de um documento de trabalho que não evidencia um estado de maturação adequado, devem considerar-se anulados os referido ofícios", assina João Gomes Cravinho.

O despacho desta sexta-feira é dirigido ao Estado-Maior-General das Forças Armadas, aos três ramos militares e aos serviços do ministério.

João Gomes Cravinho Forças Armadas Armadas Forças política defesa
Ver comentários