Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Missão de combate até Abril

O Governo vai criar um centro nacional de cibersegurança para coordenar o combate ao cibercrime até ao final de Abril.
17 de Fevereiro de 2012 às 01:00
O organizador do colóquio José Manuel Anes com  Pedro Esteves
O organizador do colóquio José Manuel Anes com Pedro Esteves FOTO: Filipa Couto

O calendário do Conselho de Ministros dá seis meses, mas é possível estar tudo a postos antes do prazo. Até Fevereiro de 2013, a Estratégia Nacional de Segurança da Informação estará a ser aplicada, segundo disse ontem, em Lisboa, o ministro da Administração Interna, Miguel Macedo.

Num colóquio, organizado pelo Observatório de Segurança, Criminalidade Organizada e Terrorismo, o general Carlos Chaves, assessor para a Segurança Nacional do primeiro-ministro, defendeu que o Órgão de Polícia Criminal "mais capaz" de actuar no combate ao cibercrime é a Polícia Judiciária. Carlos Chaves falava a título "estritamente pessoal", sem vincular o primeiro-ministro, Passos Coelho. Mas não foi só Carlos Chaves que sugeriu entidades para participar na estrutura a criar. Júlio Pereira, secretário-geral do Sistema de Informações da República Portuguesa (SIRP), também declarou que o SIRP "tem de dar a sua participação" na prevenção.

Para memória futura ficou o registo de que Júlio Pereira dorme descansado após a polémica nos serviços secretos. "Durmo. Nunca dormi muito." E realçou que as "coisas [a polémica] têm aparentemente atenuado". Júlio Pereira, recorde-se, chegou a ser apontado como demissionário do SIRP em plena polémica sobre fugas de informação ou a compilação ilegal de registo de chamadas de telemóvel de um jornalista.

Sobre o combate ao cibercrime, a directora do Departamento de Investigação e Acção Penal, Maria José Morgado, não quis adiantar números, mas pediu o alargamento para dois anos – actualmente situa-se entre os 6 meses a 1 ano – da conservação de dados, por se tratar de criminalidade grave.

Cibercrime José Manuel Anes Segurança
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)