Moradores de Benfica exigem mais lugares de estacionamento

Habitantes contestam a entrada dos parquímetros EMEL na zona.
Por Edgar Nascimento e Susana Pereira Oliveira|17.03.19

Os moradores de Benfica (Lisboa) continuam a protestar e a exigir mais lugares de estacionamento. Em causa está a regulação do estacionamento pela EMEL na zona envolvente da avenida do Colégio Militar e do centro comercial Fonte Nova. Os habitantes voltaram a manifestar-se este sábado.

"Desde que começaram obras em Benfica, em 2014, há cada vez menos estacionamentos", diz Maria João Ramos, responsável pela petição ‘Mais estacionamento em Benfica’, criada no ano passado. A solução apresentada pela junta de freguesia foi a entrada da EMEL na zona, no entanto a moradora refere que "colocar parquímetros não é solução". "A solução é alargar passeios, abrir espaços e criar estacionamentos". Sem lugares, os moradores estacionam em sítios impróprios e "a Polícia Municipal passa multas e faz reboques".

Para perceber a opinião dos moradores, foi realizada, em janeiro, uma "consulta de bairro" informal. De 412 votantes, 318 votaram a favor da entrada da EMEL em algumas ruas de Benfica e 94 contra. As manifestações surgiram e a EMEL procedeu à realização de uma consulta à população que decorreu de 8 de janeiro a 15 de março, da qual ainda não há resultados.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!