Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Moradores do Aleixo protestam

Com cartazes onde se pode ler “Rio exterminador social”, “Rio igual a Bin Laden” e “Cansados de ser discriminados”, cerca de cinquenta moradores do bairro do Aleixo estão esta terça-feira a protestar em frente à Câmara Municipal do Porto contra a demolição do bairro.
22 de Julho de 2008 às 11:52
A Câmara do Porto prevê a requalificação do bairro
A Câmara do Porto prevê a requalificação do bairro FOTO: António Rilo

Os moradores não poupam críticas ao presidente da autarquia Rui Rio, que lá dentro apresenta o projecto de requalificação do Bairro. Entre o barulho, pode ouvir-se “Aleixo unido jamais será vencido” e “Rui Rio Cabrão, só vês cifrão”.

A presidente da Associação de Promoção Social da População do Bairro do Aleixo (APSBA), Rosa Teixeira, espera que o presidente da autarquia receba o grupo, que contesta a demolição do bairro e o realojamento dos 1.300 moradores noutros locais, em parceira com privados.

“O dinheiro que ele vai receber do terreno chega para construir casas para quem queira ali ficar”, argumenta a dirigente, acrescentando que “ele não pode pagar as dívidas da Câmara do Porto com o dinheiro do Aleixo”.

A intenção de avançar com uma providência cautelar para travar o processo mantém-se, pois, assegura Rosa Teixeira, a APSBA vai “fazer tudo o que for preciso para defender os interesses dos moradores”.

Ver comentários