Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

Moradores e comerciantes da zona lisboeta do Bairro Alto preocupados com criminalidade à noite

Aumento de 'gangues' na zona está entre as preocupações. Moradores pedem reforço do policiamento de proximidade.
Lusa 22 de Setembro de 2021 às 09:52
Moradores e comerciantes da zona lisboeta do Bairro Alto manifestaram-se esta quarta-feira preocupados com a criminalidade associada a ajuntamentos na via pública durante a noite, inclusive o aumento de 'gangues', defendendo o reforço do policiamento de proximidade.

"A perceção é que a situação está completamente descontrolada, porque são milhares e milhares e milhares de pessoas que andam nas ruas e a polícia não dá conta do recado", afirmou a presidente da associação de moradores Aqui Mora Gente, Isabel Sá da Bandeira, destacando a ocorrência de atos de vandalismo contra o património, assaltos, venda de droga, lutas de 'gangues' por controlo de território e "toda uma multidão de gente que bebe sem parar", apesar de ser proibido beber na via pública no âmbito das medidas para controlar a pandemia de covid-19.

Após uma reunião com a presidente da Junta de Freguesia da Misericórdia, Carla Madeira (PS), realizada na semana passada, a representante dos moradores recebeu a confirmação de que "a situação está descontrolada e que a polícia faz detenções, muitas detenções por noite, mas que as multidões são tantas que não consegue dar conta do assunto".

Bairro Alto política criminalidade noite Lisboa
Ver comentários