Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

Moradores revoltados com instalação eléctrica

“Qualquer dia morremos todas electrocutadas, tantas são as faíscas no poste”. A queixa é de Idalina Alves, de 82 anos, uma das residentes do Bairro de S. Vicente de Paulo, situado na freguesia de Nossa Senhora da Conceição, em Vila Real.
18 de Novembro de 2007 às 00:00
Idalina Alves não esconde o medo
Idalina Alves não esconde o medo FOTO: d.r.
O descontentamento é extensivo a outros moradores que ontem saíram à rua, numa manifestação de protesto. “Às vezes os fios descarnados e sem qualquer isolamento, quando oscilam com o vento, tocam-se e provocam faíscas, e muitas vezes ficamos sem luz”, continuou a octogenária. Ao todo são quatro habitações e igual número de famílias que “estão com o credo na boca”.
As queixas já chegaram à EDP e à Junta de Freguesia, tendo sido feito já um abaixo-assinado à empresa e à própria Câmara de Vila Real. “Há dois anos que esperamos uma resposta e até agora nada”.
O presidente da junta de freguesia de Nossa Senhora da Conceição, Isildo Paulo, contou ao CM que também já fez também duas exposições à EDP. “Mas não obtive resposta”. A Câmara garantiu--lhe, porém, que a instalação será renovada.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)