Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

Morre após queda da janela do terceiro andar onde vivia após discutir com marido

Vizinhos contaram às autoridades que o casal discutia muito. Tragédia ocorreu em Rio de Mouro.
Salomé Pinto e Wilson Ledo 25 de Agosto de 2019 às 09:53
Polícia Judiciária
Polícia Judiciária
Polícia Judiciária
Polícia Judiciária
Polícia Judiciária
Polícia Judiciária
Uma mulher de 50 anos morreu sexta-feira à noite na Rinchoa, Rio de Mouro, depois de cair da janela do terceiro andar da casa onde vivia.

Ao que o CM apurou, a mulher esteve com o marido num café do bairro. Quando o casal de motoristas de longo curso regressou a casa, envolveu-se numa discussão que levou a mulher a lançar vários objetos pela janela.

Terá sido ela a atear fogo à cozinha. De seguida, caiu da janela. As circunstância em que morreu lançaram dúvidas, tendo a PJ sido chamada.

De acordo com as autoridades, estão em causa vários cenários, desde suicídio, morte acidental para fugir às chamas ou homicídio num contexto de violência doméstica.

Segundo vizinhos, o marido chegava a trancar a mulher na arca frigorífica do camião e as discussões eram frequentes.
Rinchoa Rio de Mouro questões sociais política
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)