Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

Morre em queda de quarto andar

Domingos Viana já tinha avisado a mulher de que precisava de arranjar o estore da varanda. Ontem de manhã, cerca das 09h30, o homem de 74 anos colocou um banco na varanda, mas acabou por se desequilibrar e cair do quarto andar, na praceta dos Vales de Baixo, na Falagueira, Amadora.
24 de Agosto de 2011 às 00:30
O corpo de Domingos Viana foi levado pelos agentes da PSP. Vizinhos da vítima de 74 anos, na Falagueira, estavam ontem em choque com a tragédia
O corpo de Domingos Viana foi levado pelos agentes da PSP. Vizinhos da vítima de 74 anos, na Falagueira, estavam ontem em choque com a tragédia FOTO: António Garcia

O INEM ainda tentou reanimá-lo, mas já não havia nada a fazer. Acabou por morrer no local, onde estiveram vários bombeiros e agentes da PSP. A mulher não estava em casa e ficou em estado de choque quando viu que o marido estava caído no chão, inanimado. Um dos vizinhos estava ontem à tarde em choque com a queda fatal. "Ele costumava passear com o neto todos os dias na rua. Era uma pessoa maravilhosa", disse ao CM um amigo.

A vítima vivia há mais de 20 anos na Falagueira com a mulher e a filha. Os familiares estão destroçados com a tragédia.

Uma vizinha que estava a estender roupa ouviu um estrondo, olhou da janela e viu um corpo no chão. "Ela nem queria acreditar e ainda nem sabia que se tratava do Domingos", disse, ainda em choque, o amigo. Foi a vizinha que alertou as autoridades. Os meios de socorro chegaram em escassos minutos, mas não conseguiram salvar o homem.

AMADORA MORTE ÓBITO QUEDA
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)