Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

Morre esmagado antes de casar a filha

Firmino Bessa, de 47 anos, ficou preso por baixo de um empilhador que conduzia.
Nelson Rodrigues e Mónica Ferreira 5 de Maio de 2018 às 01:30
Firmino Bessa morreu a caminho de uma empreitada
Empilhador tombou na rua do Paço e esmagou o condutor
Homem de 47 anos morre esmagado por empilhadora em Paredes
Homem de 47 anos morre esmagado por empilhadora em Paredes
Firmino Bessa morreu a caminho de uma empreitada
Empilhador tombou na rua do Paço e esmagou o condutor
Homem de 47 anos morre esmagado por empilhadora em Paredes
Homem de 47 anos morre esmagado por empilhadora em Paredes
Firmino Bessa morreu a caminho de uma empreitada
Empilhador tombou na rua do Paço e esmagou o condutor
Homem de 47 anos morre esmagado por empilhadora em Paredes
Homem de 47 anos morre esmagado por empilhadora em Paredes
Firmino Bessa, de 47 anos, vivia dias de grande felicidade. A mulher com quem tinha casado há um ano estava grávida de oito meses de um rapaz e este sábado a filha iria casar - e seria o empreiteiro da construção civil a levá-la ao altar. Porém, os dias felizes foram interrompidos ontem à tarde. O homem morreu esmagado pelo empilhador que conduzia para uma obra, e que tombou, na rua do Paço, em Paredes. A vítima deixa cinco filhos de um outro casamento.

O alerta para o acidente foi dado pouco depois das 15h00. "Ele era um homem muito cuidadoso e tinha muita experiência a manusear máquinas. Muito boa pessoa. Foi um acaso ele vir com o empilhador. Nunca o fez antes. Teve uma morte horrível, coitadinho", descreveu ao CM Glória Barbosa.

O acidente ocorreu a poucos metros de uma obra, quando Firmino descia uma rua no empilhador, vindo do seu estaleiro. "A rua tem alguns declives e pode ter sido isso que fez a máquina virar, não sei. Ele deve ter sofrido tanto antes de morrer. Nem posso pensar. Em 33 anos que vivo aqui, nunca imaginei que ia ver uma pessoa boa morrer na minha rua", frisou ainda a mesma testemunha.

A GNR e Autoridade para as Condições de Trabalho estiveram no local e analisaram o empilhador que era conduzido pela vítima no momento do acidente mortal. O cadáver foi removido para autópsia pelos Bombeiros de Paredes.

A família da vítima recebeu apoio por parte dos psicólogos do INEM.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)