Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

Morre esmagado por ferro no IP4

Um operário morreu esmagado, ontem de manhã, por uma peça de ferro, com mais de 200 quilos, nas obras da construção de um viaduto no IP4, em Macedo de Cavaleiros. O acidente aconteceu em Sezulfe, às 09h10, quando Miguel Loureiro, de 46 anos, ia a conduzir uma carrinha pick-up pelo caminho de apoio à obra, e foi atingido pela peça de ferro, de uma parede dos apoios provisórios, que se desprendeu da grua. Teve morte imediata. Miguel Loureiro deixa mulher e três filhos – uma de 26 anos e dois gémeos, de 15 anos, um deles com paralisia cerebral.

26 de Maio de 2012 às 01:00
Miguel Loureiro morreu esmagado depois de uma peça de ferro ter caído em cima da carrinha que conduzia
Miguel Loureiro morreu esmagado depois de uma peça de ferro ter caído em cima da carrinha que conduzia FOTO: Manuel Teles/Lusa

"O trabalhador levava capacete, mas com o impacto partiu-se. Quando chegámos já não havia nada a fazer", explicou ao CM João Carlos, comandante dos bombeiros de Macedo de Cavaleiros.

A Autoridade para as Condições do Trabalho esteve no local e investiga. A quatro meses das obras estarem concluídas, este foi o primeiro acidente mortal no alargamento do IP4 que liga Vila Real a Bragança.

A notícia deixou a família, de Maureles, Marco de Canaveses, em choque. "O meu pai trabalhou durante muitos anos no estrangeiro, mas há um ano que estava cá. Agora aconteceu isto, não há palavras", disse desolada a filha.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)