Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

Morre trucidado por não ouvir comboio

Uma distracção provocou ontem à tarde a morte de um jovem de 17 anos, na estação da CP da Cruz Quebrada, Oeiras. João Leitão Cunha vinha da praia a ouvir música com os auriculares nos ouvidos e atravessou a linha à frente de uma composição que tinha acabado de parar. Não ouviu o comboio que vinha na direcção contrária e foi colhido violentamente. Teve morte imediata.
9 de Junho de 2012 às 01:00
Circulação na Linha de Cascais esteve cortada durante uma hora
Circulação na Linha de Cascais esteve cortada durante uma hora FOTO: joão melancia

"Só ouvi o estrondo e quando olhei já nada havia a fazer", contou ao CM a única testemunha do acidente, que ocorreu pelas 14h10. "Ele atravessou à frente do comboio que ia de Lisboa para Cascais e tinha acabado de parar. Mas não ouviu o comboio rápido que ia no sentido inverso e não pára aqui na Cruz Quebrada", relatou Luís Sousa, de 54 anos.

Devido à violência do embate, o corpo do jovem ficou totalmente irreconhecível. Os bombeiros voluntários do Dafundo tiveram de recolher os restos mortais ao longo de cinquenta metros da linha.

Segundo o CM apurou, João Leitão Cunha estudava numa escola da zona de Alcântara e vivia com os pais na Linha de Cascais. Faria 18 anos no próximo mês. Na altura do acidente estava sozinho.

Por causa do acidente, a circulação entre o Cais do Sodré e Cascais esteve cortada nos dois sentidos durante uma hora. O corpo foi recolhido pelos bombeiros do Dafundo e transportado para o Instituto de Medicina Legal.

Segundo um funcionário da estação da Cruz Quebrada, este tipo de casos só não acontece mais vezes por sorte. "As pessoas atravessam à frente dos comboios parados e nem se apercebem que vem outro na direcção oposta. Quando é o comboio rápido é frequente haver sustos, mas felizmente não acaba em tragédias", diz o funcionário.

CP Morte Comboio
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)