Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

Morre em acidente com uma motosserra

Pais da vítima assistiram a tragédia.
Liliana Rodrigues 1 de Maio de 2016 às 09:19
Portão da quinta agrícola onde acidente fatal ocorreu, durante a manhã de ontem, em Tenões, no concelho de Braga
Portão da quinta agrícola onde acidente fatal ocorreu, durante a manhã de ontem, em Tenões, no concelho de Braga FOTO: Liliana Rodrigues
Estava a ajudar os pais no trabalho agrícola de uma pequena quinta em Tenões, Braga, ontem de manhã, quando a tragédia aconteceu: Mário Dias, de 54 anos, manuseava a motosserra no corte de lenha e, por motivos que ainda estão por esclarecer, sofreu um corte profundo no pescoço.

Apesar da rápida ajuda de uma médica, que vive nas imediações, o homem morreu no local, perante o desespero dos progenitores. Deixa mulher e duas filhas, maiores de idade.


"Ouvi gritos a pedir ‘ai quem me acode, socorro’. Foi então que saí da igreja e fui a correr. Quando cheguei, a mãe do Mário estava deitada junto dele e ele deitado de bruços, cheio de sangue, do pescoço para baixo. O pai estava em pânico, ao telemóvel, a pedir ajuda", recorda, ainda em choque, uma das testemunhas.

Eram 10h50 e, apesar da rápida chegada do INEM, Mário Dias, que trabalhava como motorista de uma empresa de distribuição, morreu no local. O cadáver foi removido ao final da manhã para o Gabinete Médico-Legal de Braga, onde deve ser autopsiado durante o dia de amanhã.


"Fiquei chocado quando o vi no chão, cheio de sangue. Vim logo a correr pedir ajuda, mas, quando a médica chegou junto dele, viu logo que era mesmo uma situação muito grave", explicou ao CM a mesma testemunha, junto do portão de entrada para a quinta, localizada na rua de Santa Eulália.
Tenões Braga Mário Dias INEM morte acidente motosserra
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)