Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

Cão mata dono em Paredes

Foi mordido várias vezes no pescoço.
23 de Fevereiro de 2016 às 15:20
Um homem de 78 anos morreu depois de ser mordido pelo próprio cão, um cruzado de pastor alemão-serra da estrela, esta terça-feira de manhã, em Vandoma, Paredes. O corpo foi encontrado no campo pela mulher da vítima com várias mordeduras no pescoço que foram fatais. A jornalista da CMTV Mónica Ferreira esteve no local e deu mais detalhes sobre o caso no 'Notícias CM'.

Um homem de 74 anos morreu esta terça-feira em Vandoma, Paredes, depois de, alegadamente, ter sido atacado pelo seu cão, disse à Lusa fonte dos bombeiros.

De acordo com os Bombeiros de Baltar, a vítima foi encontrada em paragem cardiorrespiratória e com ferimentos na cabeça e no pescoço, que terão sido provocados pelo animal, de grande porte.

Os bombeiros foram alertados, às 12h20, por uma vizinha do idoso.

O óbito foi confirmado no local, num campo agrícola, pela equipa da viatura médica (VMER) do Vale do Sousa.

De acordo com os bombeiros, o animal foi "neutralizado e transportado" pelos serviços da Câmara de Paredes para o canil municipal.

A GNR esteve no local e tomou conta da ocorrência.

No local estiveram os Bombeiros de Baltar, com duas viaturas.







Vandoma crime lei e justiça mordido cão
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)