Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

Morreram 20 pessoas nas praias

Vinte mortos, menos dois do que em 2004, é o número de vítimas nas praias portuguesas durante a época balnear que anteontem terminou, soube o CM junto do Estado-Maior da Armada.
2 de Setembro de 2005 às 00:00
Menos 2 mortos que em 2004
Menos 2 mortos que em 2004 FOTO: Jorge Paula
Nos três meses do Verão deste ano – a época começou a 1 de Junho – o maior número de acidentes mortais (15) ocorreu nas praias não vigiadas, seis em Junho, quatro em Julho e cinco em Agosto. Nas praias vigiadas registaram-se cinco vítimas mortais: duas em Junho e três em Agosto. Em Julho não houve registo de qualquer óbito.
Segundo os responsáveis da Marinha, “começa a ser difícil baixar destes números”.
Em 2004 o número de mortos ascendeu a 22, sendo que seis foram em praias vigiadas e 16 em locais não vigiados.
A época balnear começou a 1 de Junho com 191 praias galardoadas com a Bandeira Azul, o maior número de sempre, mas dos 500 quilómetros de costa portuguesa com praia, apenas 150 são vigiadas pelos nadadores-salvadores, Polícia Marítima ou elementos da Marinha (cabo do mar).
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)