Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

MORREU CARBONIZADO NO MEIO DE QUEIMADA

Um homem de 80 anos morreu carbonizado na quarta-feira, depois de perder o controlo de uma queimada que fazia numa propriedade agrícola em Barco, na Covilhã.
8 de Outubro de 2004 às 00:00
Silvino Pereira encontrou o cadáver do idoso quando, com os bombeiros, combatia o incêndio
Silvino Pereira encontrou o cadáver do idoso quando, com os bombeiros, combatia o incêndio FOTO: Luís Oliveira
O corpo do octogenário foi encontrado por um popular e bombeiros sapadores, que foram chamados para combater o incêndio provocado pela queimada e que ameaçou culturas e um barracão agrícola.
Francisco Costa saiu de casa manhã cedo, como era hábito, e foi para o terreno agrícola com a intenção de queimar uma área de mato e panasco (erva de pasto seca).
Por razões ainda não apuradas, mas às quais não será alheio o facto de na altura soprar algum vento, a vítima perdeu o controlo da queimada e as chamas propagaram-se rapidamente.
Nessa altura, o idoso terá entrado em pânico e, na ânsia de apagar o incêndio, acabou por ficar cercado pelas labaredas e morrer carbonizado.
Silvino Rodrigues Pereira, um agricultor residente em Barco, encontrou o octogenário “totalmente queimado e já morto”, junto a uma árvore, em conjunto com os bombeiros.
“Nunca vi nada assim”, desabafou ontem Silvino Pereira, salientando que o homem “ter-se-á desorientado e acabado cercado pelas chamas”.
“Pouco tempo antes da chegada dos bombeiros, vi que a queimada era forte e podia resultar em fogo, mas nunca pensei que o Francisco ficasse lá”, acrescentou o agricultor.
Uma neta da vítima adiantou que o idoso, “apesar da idade”, não tinha dificuldades de locomoção e “encontrava-se em boa forma física”. “Ele morreu ao tentar apagar o fogo”, afirma Joana Brito.
O cadáver foi removido pela secção do Paúl dos bombeiros da Covilhã e o funeral realizou-se ontem à tarde.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)