Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

“Morreu firme e heróico ao serviço da pátria”: militares recordam colega morto em acidente

Centenas de militares da GNR, amigos e familiares marcaram presença no funeral de Jorge Gomes.
P.L.L. 20 de Novembro de 2019 às 08:41
Centenas no funeral do militar
Jorge Gomes tinha 29 anos e orientava acidente quando foi colhido
Centenas no funeral do militar
Jorge Gomes tinha 29 anos e orientava acidente quando foi colhido
Centenas no funeral do militar
Jorge Gomes tinha 29 anos e orientava acidente quando foi colhido
Centenas de militares da GNR, amigos e familiares marcaram presença no funeral de Jorge Gomes, o militar da GNR que morreu no desastre da A42, em Paços de Ferreira, que fez duas outras vítimas mortais.

"Morreu firme e heroico no seu posto . Foi uma vida ao serviço dos outros e da pátria", disse o pároco Arménio Gaspar de Almeida, durante a missa de esta terça-feira, pelas 15h00, altura em que tocaram as sirenes de carros da GNR, PSP e bombeiros por todo o País. Eduardo Cabrita, ministro da Administração interna, esteve presente.
GNR Jorge Gomes Paços de Ferreira A42 acidentes e desastres questões sociais morte
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)