Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Morreu oitavo bombeiro em serviço

Homem tinha 25 anos e cerca de 80% do corpo queimado.
6 de Setembro de 2013 às 20:58

O bombeiro de 25 anos da corporação de Miranda do Douro que estava internado no Hospital da Prelada, no Porto, morreu esta sexta-feira, mais de um mês depois do internamento, confirmou à agência Lusa o diretor de comunicação da unidade.

De acordo com Luís Pedro Martins, o bombeiro gravemente ferido no incêndio de Miranda do Douro de dia 02 de agosto não resistiu às queimaduras de segundo e terceiro grau que lhe afetaram entre 70 a 80% da superfície corporal.

O bombeiro acabou por falecer, esta sexta-feira, ao início da noite por falência multiorgânica, o que eleva para oito o número de bombeiros que morreram na sequência do combate aos incêndios florestais este ano.

incêndios morte bombeiro queimaduras Miranda do Douro Hospital da Prelada
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)