Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Morreu queimado na cama

Um incêndio numa velha habitação do centro histórico de Portalegre provocou na madrugada de ontem a morte a um homem de 45 anos e ferimentos ligeiros à mãe e ao padrasto, ambos com cerca de 75 anos. As chamas, segundo os vizinhos, terão tido início pelas 00h50 no quarto da vítima mortal, Rui Manuel do Carmo, e deverão ter sido provocadas por um cigarro.
20 de Junho de 2005 às 00:00
O incêndio destruiu esta casa na Rua 15 de Maio em Portalegre
O incêndio destruiu esta casa na Rua 15 de Maio em Portalegre FOTO: Vítor Mota
“Foi encontrado carbonizado na cama e deve ter adormecido quando estava a fumar. Sofria graves problemas de saúde, tinha estado algum tempo em tratamento psiquiátrico, tremia muito e tinha também pouca força”, explicou ao nosso jornal a vizinha Filipa Xavier, que viveu algumas horas de aflição face à “violência do incêndio”.
Esta mulher frisou, ainda, em relação às outras vítimas que o padrasto foi conduzido ao hospital e que a sua mulher acabou por ser salva por um grupo de jovens que passava perto da habitação, na Rua 15 de Maio.
Devido à “grande carga térmica” da moradia, o fogo propagou-se rapidamente pelas suas divisões, dificultando o trabalho dos bombeiros.
“Tinha muitas roupas, cobertores e o chão e telhado estavam revestidos a madeira. As chamas foram combatidas durante três horas e a casa ficou totalmente destruída”, sublinhou José Realinho, comandante dos bombeiros de Portalegre, corporação que esteve no local com sete viaturas e 22 elementos, tendo um deles sofrido ferimentos ligeiros. O caso foi entregue à PJ que esteve ontem no local a tentar apurar a origem do incêndio.
VÍTIMAS
MÃE SALVA
A mãe do falecido conseguiu chegar perto de uma janela para pedir socorro. Pouco depois um grupo de jovens que passava pelo local apercebeu-se da aflição da mulher e arrombou a porta da casa a pontapé, permitindo a sua fuga. Esta vítima foi realojada numa pensão de Portalegre e, posteriormente, entregue à sua filha.
PADRASTO
O incêndio já tinha tomado proporções devastadoras quando o padrasto de Rui do Carmo foi retirado do interior da habitação pelos bombeiros de Portalegre. Nesse instante foi conduzido às urgências do hospital da cidade devido a sintomas de intoxicação.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)