Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

Morte de bombeiro de Cabo Ruivo deixa quartel de luto

Estava na corporação desde 1998 e tinha dois filhos menores. 
João Carlos Rodrigues 6 de Abril de 2021 às 08:11
Bruno Santos
Bruno Santos FOTO: Direitos Reservados
Os Bombeiros Voluntários de Cabo Ruivo, Lisboa, estão de luto pela morte do colega Bruno Santos, vítima de doença súbita quando estava de serviço. O operacional, de 39 anos, começou a sentir dores no peito na noite de domingo e ainda foi socorrido por colegas e levado ao hospital, mas não resistiu.

De acordo com familiares e amigos, Bruno Santos entrou em paragem cardiorrespiratória, que não foi possível reverter. No último ano foi um dos operacionais dos Bombeiros de Cabo Ruivo que deu resposta a casos de Covid-19.

Estava na corporação desde 1998 e tinha dois filhos menores. 
Bombeiros Voluntários de Cabo Ruivo Lisboa Bruno Santos saúde
Ver comentários